25/09/2017

A Secretaria de Saúde, da Prefeitura de Ituiutaba para melhorar e dar maior agilidade no atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde, SUS na rede pública municipal, deu início ao treinamento e capacitação de aproximadamente onze enfermeiros e enfermeiras padrão, que atendem no Programa de Saúde da Família, PSF.

 

A capacitação ou reciclagem, acontece de forma revesada no Centro de Saúde da Mulher (CSM) Ituiutabana, Irmã Savina, localizado na Avenida 26 entre Avenida 15 e 13.  Para a Coordenadora do CSM, Monaliza Martins Catarina a ação visa melhorar ainda mais o atendimento e padronizar com excelência em toda a rede de saúde de nossa cidade que envolve a prevenção do câncer de útero.

 

“A capacitação está sendo orientada pelo médico ginecologista Dr. José Neto, durante os atendimentos de coleta de Papanicolau. Essa reciclagem visa um melhor atendimento nos PSF's e também deixar toda a população informada que as Unidades de saúde fazem os preventivos, bastando as mulheres procurarem o PSF da sua região”, disse Monaliza.

 

Os exames são coletados e enviados para o mesmo laboratório dos exames do Centro de Saúde da Mulher, ou seja, a qualidade é a mesma. Caso os exames deem alterados, essas mulheres serão encaminhadas ao Centro de Saúde da Mulher para consultar e para dar prosseguimento em busca do diagnóstico mais preciso, como a realização de biópsias, por exemplo.

 

Além de não existirem filas para a coleta de preventivos de colo de útero nos PSF's é importante ressaltar que é sempre interessante para o paciente que a Unidade básica de saúde perto de sua casa tenha conhecimento dos problemas de saúde da sua região, uma vez que munidos de dados, a Secretaria de Saúde poderá dar um suporte no sentido de resolver aquela demanda especifica de casos que forem diagnosticados.

 

A capacitação deu início em setembro desse ano e irá até dezembro. O Centro de Saúde da Mulher além de consultas e preventivos, também realiza todo o processo de Planejamento Familiar com métodos contraceptivos oferecidos gratuitamente, além de promover o conhecimento científico, aprimoramento de outros profissionais da saúde de nossa cidade, através de seus profissionais.

 

Fonte: ASCOM

Voltar